FENASDETRAN vai ao STF apresentar “CARTA DE SALVADOR TRÂNSITO E VIDA 2019” e discutir o trânsito do País.

FENASDETRAN vai ao STF apresentar “CARTA DE SALVADOR TRÂNSITO E VIDA 2019” e discutir o trânsito do País.

A Federação Nacional das Associações de Detran – Fenasdetran – se reuniu na última quarta-feira (11) com representantes do Supremo Tribunal Federal, em Brasília, para apresentar e discutir a Carta Salvador 2019 elaborada pelos consultores da instituição durante o 11° Congresso Brasileiro de Trânsito e Vida, realizado no mês de outubro, em Salvador, com o objetivo de mobilizar o governo a atender às reivindicações feitas durante o evento visando oferecer propostas para uma melhoria no sistema viário do País.

O presidente da Fenasdetran, Mário Conceição, foi recebido no gabinete do Ministro do Supremo Tribunal Federal, Dias Tóffilo, pelo juiz auxiliar Márcio Boscaro. Durante a reunião, Mário Conceição pôde apresentar a Carta Salvador 2019 que propõe mudanças no sistema viário e na administração dos órgãos de trânsito do País.

Entre as sugestões oferecidas pela Fenasdetran estão Educação para o Trânsito, Engenharia, Fiscalização – que tem como objetivo envolver os municípios brasileiros – e a gestão do Denatran e Contran para propor segurança viária estabelecida pela Organização Das Nações Unidas.

Márcio Boscaro sugeriu, durante reunião, que fosse incluso no processo o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) na busca de soluções para um trânsito seguro.

Segundo o presidente da Fenasdetran, Mário Conceição, esse encontro no Supremo Tribunal Federal é um avanço muito significativo para os órgãos de trânsito de todo o País em busca de uma melhoria no sistema viário sempre com o objetivo de salvar vidas.

A Bahia foi o primeiro Estado brasileiro a atingir a meta estabelecida pela ONU na diminuição dos acidentes de trânsito. Dentro do perímetro de Salvador, foi contabilizado em 2010 um número de 266 mortes no trânsito. Em 2018 houve uma redução significativa depois da implantação de estratégias de segurança apontando um número de 114 acidentes com uma queda no percentual de 57%.

Esse foi um trabalho em conjunto entre os órgãos da prefeitura de Salvador, do Governo do Estado e Governo Federal como Transalvador, Detran, Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

O Congresso Brasileiro Trânsito e Vida, que teve sua primeira edição em 2001, vem contribuindo significativamente nas discussões de segurança no sistema viário do Brasil com a participação de especialistas renomados do País. Na edição deste ano, o senador Fabiano Contarato (Rede), palestrou sobre as Leis de Trânsito e garantiu trabalhar no Senado Federal para melhorar cada vez mais o trânsito no país e fazer valer as Leis para os motoristas que cometerem crimes na direção de um veículo.