Sefaz prorroga prazo para pagamento do IPVA após sistema do Detran-PI ficar fora do ar - FENASDETRAN - Federação Nacional das Associações de DETRAN

Sefaz prorroga prazo para pagamento do IPVA após sistema do Detran-PI ficar fora do ar

Boleto para pagamento do IPVA fo prorrogado até quarta-feira (7) — Foto: Christyan de Lima/Divulgação   -  A nova data é referente aos veículos com taxa vencida no dia 31 de outubro. Pane no sistema foi provocada por curto circuito na Agência de Tecnologia da Informação (ATI).

Com o sistema do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) fora do ar, a Secretaria Estadual da Fazenda (Sefaz) prorrogou até quarta-feira (7) o prazo para o pagamento do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA). A nova data é referente aos veículos com taxa vencida no dia 31 de outubro.

De acordo com a portaria assinada pelo secretário da Fazenda, Rafael Fonteles, a medida foi adotada em função de problemas nos sistemas de informática da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), que impossibilitaram a emissão/impressão regular de boletos do IPVA.

"Houve no domingo um curto circuito na base da ATI, que danificou algumas placas de datacenter e provedores que dão suporte ao Detran e vários órgãos do estado. A reposição do equipamento está sendo trabalhada na Agência, para voltar a funcionar o sistema normalmente", explicou o diretor do Detran-PI, Arão Lobão.

Enquanto isso, os usuários podem consultar o IPVA no site da Secretaria de Fazenda e as multas no site da Polícia Rodoviária Federal (PRF) ou órgãos responsáveis.

Em nota, a Agência de Tecnologia da Informação (ATI) informou que o datacenter secundário sofreu um curto-circuito no último domingo, provocando danos no equipamento. O problema afetou os seguintes órgãos e secretarias: Detran, Sesapi, Adapi, Jucepi e portais do governo, Suparc e Seadprev.

Ainda segundo a nota, o funcionamento de todos os demais sistemas do governo do estado já voltaram a operar normalmente. Uma equipe técnica da ATI está trabalhando para corrigir e restaurar o pleno funcionamento dos sistemas que se encontram sem operar. A promessa da agência é que até sexta-feira (2) já deve estar tudo regularizado.

https://g1.globo.com