Comitê do Projeto Vida no Trânsito planeja novas ações para 2018 - FENASDETRAN - Federação Nacional das Associações de DETRAN

Comitê do Projeto Vida no Trânsito planeja novas ações para 2018

Contribuir para a promoção da paz no trânsito, da preservação da vida e de acidentes também são ações priorizadas pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS), e foi com esse intuito que membros do comitê intersetorial do Projeto Vida no Trânsito (PVT) se reuniram na tarde desta terça-feira, 28. Representantes das secretarias municipais da Saúde e da Educação (Semed); da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) de Aracaju; do Conselho Municipal de Saúde (CMS); da Secretaria de Estado da Saúde (SES); do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu); do Centro de Estatística e Análise Criminal da Polícia Militar de Sergipe; do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), e da Universidade Federal de Sergipe (UFS) planejaram juntos as ações  para este ano.

O fortalecimento dessas parcerias tem contribuído de forma direta para o êxito das ações. A referência técnica do Núcleo de Prevenção de Violência e Acidentes (Nupeva), Lijiane Silva,  informa que essa é a segunda reunião do comitê deste ano, e que hoje todos órgãos apresentaram as atividades a serem desenvolvidas dentro do PVT.

“A partir daí, iremos elaborar o plano integrado das ações deste ano. E é importante ressaltar que esta reunião faz parte do cronograma anual do projeto. Aqui é um espaço que serve tanto para divulgar as ações que já foram feitas, como também para reforçar as parcerias e expormos a metodologia que envolve todos os eixos: educação, fiscalização, engenharia, projetos especiais e mobilização/comunicação”, pontuou.

Durante a reunião também foi anunciada a visita técnica do apoiador do Ministério da Saúde, Lisandro Abulatif, que irá acompanhar no proximo mem as ações desenvolvidas pelo projeto, bem como conhecer e discutir o plano de mobilidade do município de Aracaju.

O projeto

O Projeto Vida no Trânsito tem o objetivo de subsidiar gestores no fortalecimento de políticas de prevenção de lesões e mortes no trânsito por meio da qualificação, planejamento, monitoramento, acompanhamento e avaliação das ações. Em 2016, foi lançado o primeiro Boletim de Vigilância em Saúde no Trânsito de Sergipe, a partir dos dados coletados em 2015. “Já no ano seguinte, 2017, foi criado este plano de ações para prevenção, a partir dos dados e da análise dos casos. Esse é o segundo boletim realizado, com os dados de 2016. Realizamos um estudo epidemiológico descritivo sobre todos os acidentes que aconteceram no território aracajuano com vítimas fatais, caracterizando os fatores de risco que contribuíram para a ocorrência de cada um deles.

http://www.faxaju.com.br/