Arrecadação com multa bate recorde e chega R$ 1,270 milhão no mês - FENASDETRAN - Federação Nacional das Associações de DETRAN

Arrecadação com multa bate recorde e chega R$ 1,270 milhão no mês

Valor acumulado recebido já é 44% maior que o mesmo período de 2016, somando R$ 9,3 milhões...

A arrecadação da Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito) com multas atingiu, no último mês, um valor nunca antes alcançado: em outubro retornaram para a Cettrans R$ 1.270.492 pagos pelos cascavelenses em multas.

É o terceiro mês consecutivo que a arrecadação fica acima da casa do R$ 1,1 milhão, montante não alcançado nenhuma vez no ano passado.

A parcial da arrecadação de 2017 é 44% maior que o alcançado no mesmo período do ano passado. Foram R$ 9,3 milhões de janeiro a outubro deste ano contra R$ 6,4 milhões em 2016.

Uma das explicações para o aumento na arrecadação pode ser o reajuste aplicado no final do ano passado. As penalidades haviam passado 16 anos sem reajuste e tiveram aumentos entre 52% e 66%

A multa grave, por exemplo, saltou de R$ 127,69 para R$ 195,23. Outras multas, como usar celular ao volante, foram reenquadradas. A infração que era média passou a gravíssima, o custo saltou de R$ 85 para R$ 293.

A Cettrans encaminhou nota onde informa que “em virtude do calendário de pagamento do licenciamento de veículos para o segundo semestre de cada ano, a receita com multa de trânsito tende a aumentar em relação ao primeiro semestre anual. Portanto a previsão é de manutenção do valor recebido em julho, com possibilidade de aumento até o mês de dezembro”.

Balanço

A fiscalização de trânsito é a principal receita da Cettrans, mas não é a única. A companhia também arrecada com o EstaR, com uma taxa recebida do Transporte Coletivo, com a operação do Aeroporto e Rodoviária e ainda com taxas pagas por taxistas e pelo Transporte Escolar.

Neste balanço gera, o site da companhia tem dados atualizados apenas até agosto. Os indícios, no entanto, são de dificuldade financeira. Enquanto houve R$ 14,6 milhões em receitas, as despesas chegam a R$ 15,6 milhões. O saldo negativo entre janeiro e agosto é de R$ 961 mil.

Arrecadação com multas 2017 X 2016 (% de diferença)

Janeiro: R$ 796.809,57 X R$ 746.404,66 (+6,8%)

Fevereiro: R$ 569.714,12 X R$ 683.756,63 (-16,7%)

Março: R$ 873.861,32 X R$ 655.021,30 (+33,4%)

Abril: R$ 735.500,73 X R$ 497.570,63 (+47,8%)

Maio: R$ 879.335,50 X R$ 467.947,60 (+87,9%)

Junho: R$ 894.411,19 X R$ 471.288,37 (+89,8%)

Julho: R$ 906.266,62 X R$ 531.416,81 (+70,5%)

Agosto: R$ 1.185.476,67 X R$ 758.098,84 (+56,4%)

Setembro: R$ 1.203.530,99 X R$ 770.019,54 (+56,3%)

Outubro: R$ 1.270.492,87 X R$ 871.680,38 (+45,8%)

http://cgn.inf.br