91% dos acidentes de trânsito ocorridos em outubro em Goiás foram resolvidos com acordos - FENASDETRAN - Federação Nacional das Associações de DETRAN

91% dos acidentes de trânsito ocorridos em outubro em Goiás foram resolvidos com acordos

Ocorrências foram atendidas em Goiânia, Anápolis, Itumbiara, Goianésia e Uruaçu pela Justiça Móvel.- Foto: Reprodução/SHUTTERSTOCK

No mês de outubro 598 ocorrências de acidentes de trânsito foram atendidas pela Justiça Móvel de Trânsito, sendo que 472 casos foram resolvidos com acordos, o equivalente a 91% das ocorrências. Os dados foram divulgados, nesta segunda-feira (5/11), pelo Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO). Os casos de acidente de trânsito foram atendidos em Goiânia, Anápolis, Itumbiara, Goianésia e Uruaçu.

O programa Justiça Móvel foi criado pelo TJGO para atender acidentes com veículos automotores que não envolvam mortes ou veículos de propriedade do Poder Público. Esse serviço contribui para reduzir o tempo de espera que, na justiça comum, demoraria para resolver questões relativas ao trânsito.

Desde de novembro de 2000, ano de criação do projeto, foram atendidos 100.320 casos, sendo que 90.435 conciliados por equipes da Justiça Móvel, resultando no em 90% de rendimento.

Como acionar a Justiça Móvel em acidentes?

A Justiça Móvel de Trânsito atende das 7h às 18h, de segunda à sexta-feira e pode ser acionada pelos números: (62) 99266-9977, (62) 3261-9077 e (62) 3018-6119.

No local, conciliadores equipados com máquina fotográfica, microcomputadores e rádio de comunicação, tentam promover a conciliação imediata entre os envolvidos. Caso o acordo não seja possível, são colhidas provas para instrução do processo judicial.

O atendimento é feito em todas os setores de Goiânia e cidades do interior de Goiás. O TJGO reforça que não serão atendidos casos de:

  • Acidentes de trânsito com vítimas, neste caso ligue 190;
  • Acidentes envolvendo veículos de órgãos públicos;
  • Acidentes envolvendo ilícito penal.
  •  
  • https://diaonline.r7.com